Lado B


                                                                                                



Escrito por Mara às 15h50
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                                                                



Escrito por Mara às 15h50
[ ] [ envie esta mensagem ]


Ando tramando revoluções diárias que não ultrapassam

o som de minha respiração ansiosa.

Já não salto muros com foices e martelos,

só arranho o céu de minha boca ofegante e seca.

Não há desesperança em mim

só um hiato que matematicamente não consigo calcular

- nunca fui boa nisso-

e ações em slow  motion

a espera de um piscar de olhos.



Escrito por Mara às 15h31
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                                        

                                                                

                     Cara quanto mais leio o Leminski, mais me aproximo do essencial da vida.

               "Ainda ontem convidei um amigo

               para ficar em silêncio comigo

               ele veio

                                 meio a esmo

       praticamente não disse nada

       e ficou por isso mesmo."

                                                     ( Cerimônia do chá- Paulo Leminski)



Escrito por Mara às 22h21
[ ] [ envie esta mensagem ]


"Quem disse que eu estou solitário? Só por que estou sentado aqui, nesse balcão de bar, sem nenhuma pessoa por perto, não quer dizer que eu esteja solitário. Prefiro isso a ter que dividir bons momentos como esse, com comentários impertinentes sobre qualquer banalidade que possa estar acontecendo por aí afora. Que tenho eu a ver com essa história de guerra ou sei lá o que? Minha guerra é interior. Entendo que se eu estivesse em guerra, haveria só um ferido, eu mesmo. As pessoas tendem a generalizar e a dramatizar tudo. Gosto de beber sozinho, e daí? Gosto de fazer várias coisas sozinho, não preciso da aprovação de ninguém na minha vida. A única coisa que me chateia um pouco é na hora do sexo. É impossível fazer isso sozinho. Aí sim me sinto solitário, então saio de casa e venho pra cá beber."

                                              Charles Bukowski



Escrito por Mara às 00h33
[ ] [ envie esta mensagem ]




Escrito por Mara às 00h18
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                       



Escrito por Mara às 00h10
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                           

                                          Você nunca teve coragem de conhecer o lado de cá;

                                                     o de dentro de mim...

                                        E eu nunca tive coragem de admitir o passo em falso

                                        a gente sempre se acha capaz de driblar o precipício

                                                 coisa de país da bola.

                                       Pague bem as moças e só haverá o lado de fora.

                                               



Escrito por Mara às 23h26
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                                              

                                            Lá fora chove. Chuva fina e ácida. O dia amanheceu assim,

                             já é noite e   lá está ela assombrando meu telhado insistentemente.

                            Estamos em  e sempre me identifiquei com o sol causticante desse mês

                            em que nasci. A combinação de uma aridez diurna com o frescor das chuvas

                            de final de tarde que eram fortes e rápidas devolvendo para a gente

                            vontade de ir para a rua. Agora chove todo o tempo.

                            As ruas estão desertas de gentes e de sorveterias em praças.

                            Confesso sem pudor que queria meus dezembros de volta.

                           Algumas coisas se foram quando eu me distraí... 



Escrito por Mara às 23h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                         

                                       Não aceito essa verdade de que seu estado é gravíssimo

                             Tenho uma outra: a de que você não fará concessão nem para a morte

                             e voltará para as ruas e para os palcos

                             que é o seu lugar.

                               Força velho lobo!



Escrito por Mara às 17h06
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                               

                        

                                                             Num istmo podemos sumir para dentro de nós,

                                                              lá onde nenhuma mão nos alcança

                                                            porque, em verdade, não queremos estar.

                                                        Onde não há pontes, conectivos ou verbos de ligação

                                                                     porque tudo se esvai, simplesmente. . .

                                                      O segredo para voltarmos dessas densas brumas

                                                             é enganarmos o pensamento,

                                                       esse perigoso e astuto algoz,

                                                              é flanarmos sobre tudo

                                                    como se a matéria desconhecesse o peso

                                                                          ou a gravidade.

                                                   A total liberdade de sentir o que não tem nome.

 

 

 



Escrito por Mara às 10h27
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                                                  

Hoje tenho aquela respiração suspensa

de quem ouve barulhos estranhos pela casa.

Busco de A a Z os códigos da sensatez e do equilíbrio

mas tudo é desconcerto silencioso.

Dentro desse silêncio existe um grito

preso em algum canto do lado de dentro de mim

por fora tudo caminha cotidianamente.

Esperei que tua mão alcançasse o dentro de mim

agora, de fora, nos vejo ir embora.

 



Escrito por Mara às 08h19
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                          

Poderia alegar coisas nobres, ou quase,

mas o fato é que tenho lista corrida baby

e uma preguiça cultivada ao longo da estada

Preguiça de sofrer, preguiça de explicar a ironia do dia anterior,

preguiça daquele olhar sacana que você não alcançou.

Poderia crer no futuro, escrever um diário

começar uma dieta, nunca mais consumir material plástico,

mas baby isso é demais para mim

deixemos assim, o dito pelo não visto

como coisas que perdemos nos vãos da casa

e tempos depois tropeçamos nelas.

 



Escrito por Mara às 15h57
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                



Escrito por Mara às 17h18
[ ] [ envie esta mensagem ]


                                                 

                               

Chutar pedrinhas não é para principiantes

mesmo que se possa começar a qualquer momento .

Há que se ter um desprendimento total do índice Nasdaq

das encíclicas de Sr. Ratzinger,

estar nem aí para as previsões ecológico-apocalípticas

da camada de ozônio adicionada ao efeito estufa

lhufas e milhas do útimo bar.

Chutar pedrinhas requer respiração de trapezista

Olho de moleque apaixonado

cidades que não acabam em rotatórias.

Outro tempo, outro espaço

outro pedaço de você que ninguém vê.

Chutar pedrinhas exige habilidade, requinte, parcimônia,

pernas livres, cabeça fora do lugar, equidistância.

Chutar pedrinhas é estar fora viajando para dentro

de tudo que  possa cheirar familiar

só para você.

 

 

 

 

 



Escrito por Mara às 23h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
18/04/2010 a 24/04/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
06/12/2009 a 12/12/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
09/08/2009 a 15/08/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
30/11/2008 a 06/12/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis